voltar de show e não voltar da pira

Preciso voltar a ver shows. Aquela sensação boa e única que acontece quando você ouve pela primeira vez um grande disco é uma parte do processo. Ela te pega na zona de conforto. Dentro de um cenário no qual você está preparado(a) e aberto(a) para receber essa cutucada nova nos ouvidos. Mas o show complementa a brincadeira. Ver a movimentação de palco, o som rasgado e completamente diferente do que você está acostumado(a) a ouvir no disco. Bate no rim. Nas costas. Pés, joelhos e mãos. Muvuca balançando, gente passando, conversa paralela, banho de chopp nos pés e você ali… em harmonia com tudo isso que rola encoberto pelo som. A graça e a descoberta em cada pequeno detalhe. Pontos que tornam o processo mais charmoso. Amigos em volta, risadas, batidas e a constante surpresa que te pega no pulo e hipnotiza. Preciso ver mais shows, e seria lindo se tivéssemos mais.

Obs. Voltei agora do show do Bixiga 70. Ainda não tinha visto a apresentação do segundo disco. Alguns chopps e risadas ajudam bastante na assimilação das coisas desse jeito. Acabo de completar 33 anos e há uns 6 meses não via um bom show. To enferrujado nessas coisas… mas a distância só potencializa a pira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s