criação

A graça de poder viver o fim de uma temporada (sem graça) de uma série (fodona) e escrever sobre ela. Ter o mínimo de argumento e criação em cima da obra e devaneio que o querido R.R. Martin teve em cima de outra história contada. Entrar no bolo de novas obras e referências que surgem inspiradas pelo que está sendo vivido. Bom poder reconhecer nosso papel como anônimo no meio desse turbilhão de informação gerada pelo tal Game Of Thrones. Vem um texto novo aí…

… E que venha o último episódio, certo?

george_rr_martin_game_of_thrones

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s